Fotos

Tem criança na praça: 2º GP de Velocípede

Minichef ‘Geladinho’ com Thaylla Signor

Jantar Chef Black com Chef Léo Modesto e Sandro Salonski celebra cultura alimentar da Amazônia

Com uma variedade de ingredientes tipicamente amazônicos e que vão de encontro ao tema da edição do 6º Sicoob Sabor, “Do Campo à Mesa”, o chef Léo Modesto e o anfitrião da noite, Sandro Salonski, proporcionaram uma noite especial aos participantes durante mais uma edição do Jantar do Chef Black. O evento aconteceu na quinta-feira, 27, no Espaço Gourmet no CTC Sicoob Credisul, e os convidados tiveram a oportunidade de saborear um menu exclusivo e requintado.

Léo Modesto, natural do Pará, é filho de agricultores e aprendeu a cozinhar desde cedo com a mãe. Ingressou nas cozinhas ao se mudar para a capital Belém, passando por diversos restaurantes. O chef é formado em Gastronomia pela Universidade da Amazônia e cozinheiro profissional pelo Senac – PA e traz em sua cozinha as raízes amazônicas. Léo ganhou o carinho do Brasil ao participar da terceira temporada do reality gastronômico Mestre do Sabor, da Rede Globo.

Já o advogado Sandro Salonski tem a gastronomia como hobby, inclusive gosta de reunir amigos e familiares para desfrutar dos pratos especiais que prepara. O gosto pela culinária veio da avó que desde cedo o incentivava. Essa é a terceira vez que participa do Jantar do Chef Black, umas das atividades do Sicoob Sabor.

O jantar foi um momento único de harmonia e inovação culinária, em que o chef Léo Modesto e o anfitrião Sandro Salonski se uniram para proporcionar uma experiência gastronômica inesquecível. O cardápio, elaborado especialmente para a ocasião, foi uma celebração à cultura alimentar da Amazônia, utilizando-se do moquém, uma técnica ancestral, e ingredientes locais. Para abrir o jantar, foi servido petit four: beiju com creme de queijo e castanha-do-Pará defumados, seguido da entrada de porco moqueado au jus, aioli de tucupi preto e croquete de macaxeira com jambu.

O prato principal foi um momento de destaque na noite, com a poqueca de pirarucu com picles de maxixe no tucupi e tomates confitados, acompanhado de farofa de beiju xica. E para encerrar, o chef trouxe de sobremesa uma receita própria de sorvete de cupulate (amêndoas de cupuaçu) com farofa de tapioca, nibs de cacau, castanha-do-Pará e melaço de mandiocaba, uma espécie de mandioca doce. O sorvete foi produzido na cozinha da Signore Gelateria especialmente para o jantar.

Outro atrativo foi a decoração da festa que trouxe elementos que remetiam à agricultura familiar de forma delicada e com um toque de sofisticação. O jantar do Chef Black foi uma experiência gastronômica verdadeiramente memorável. Os participantes tiveram a oportunidade de apreciar a criatividade e paixão em cada prato servido, evidenciando a riqueza e diversidade da culinária da região Norte.

Jantar Chef Black com Chef Léo Modesto e Sandro Salonski

Oficina gastronômica e show de moda de viola encanta público da Feira do Produtor no 6º Sicoob Sabor

A Feira do Produtor foi um dos grandes sucessos do 6º Sicoob Sabor, e nesta terça-feira, 25 de julho, encantou o público presente com suas atrações. Realizada na Feira Municipal do Centro de Vilhena (RO), o evento trouxe uma oficina gastronômica com o chef Léo Modesto, de Belém do Pará (PA), que ensinou ao vivo a técnica ancestral indígena chamada ‘moquém’. A noite foi marcada também pelo show ‘Vozes da Nossa História’ do grupo Soar.

O evento gratuito aconteceu em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri), e reuniu agricultores do Cinturão Verde de Vilhena, produtores da agroindústria local, feirantes, artesãos e estabelecimentos do roteiro gastronômico do festival.

Em sua oficina, o chef Léo Modesto preparou costela de tambaqui acompanhada de pirão, vinagrete e farofa, utilizando a técnica ‘moquém’ usada há séculos pelos povos originários, especialmente na região amazônica. É uma forma de defumar e cozinhar alimentos utilizando fogo controlado em uma estrutura de madeira em formato de pirâmide ou côncava, onde os alimentos são organizados em camadas e defumados lentamente, favorecendo a preservação e realçando o sabor dos ingredientes.

“É muito gratificante poder compartilhar essa técnica, pois faz parte da nossa cultura alimentar e da nossa ancestralidade. Selecionei e agreguei diversos ingredientes locais da feira para fazer e ensinei também formas de reaproveitamento de produtos. Fico feliz que houve uma grande receptividade, foi muito gratificante”, ressaltou o chef.

O show ‘Vozes da Nossa História’ do grupo Soar animou a noite e colocou o público para cantar junto clássicos da moda de viola e do sertanejo raiz. A apresentação foi pensada de acordo com o tema do festival ‘Do Campo à Mesa’ e arrancou muitos elogios.

Quem esteve na feira também aproveitou a Mateada Solidária da Casa do Chimarrão, que ofereceu água quente e erva mate grátis, e pode conferir a exposição ‘Terra Viva’ do fotógrafo paquistanês Zohaib Saleem, que retratou o cotidiano dos produtores da agricultura familiar do município.

Confira as fotos do evento aqui.